CBN - A rádio que toca notícia

POLÍTICA

Wadih Damous: Choro de Moro é reação a seu “projeto de poder” indo por ralo abaixo

Condenação de Lula foi uma das peças-chave para a construção desse projeto, de acordo com o advogado do ex-presidente

16/01/20, 13:31

E
m entrevista à Revista Fórum nesta quinta-feira (16), Wadih Damous (foto), um dos advogados que atua na defesa do ex-presidente Lula, e Paulo Pimenta (PT), deputado federal, comentaram sobre o choro do ministro da Justiça, Sergio Moro, ao saber que seria demitido pelo presidente Jair Bolsonaro. Para ambos, cena revela a reação do ex-juiz ao descobrir que seu “projeto de poder” estava indo “por ralo abaixo”.

“Bolsonaro quando contratou o Moro queria um advogado, um jagunço para cuidar dos interesses dos milicianos e Bolsonaro estava fazendo ‘corpo mole’ para defender o Queiroz”, comentou Pimenta. “Moro então passou a agir como advogado da família. Isso mostra aquilo que a gente sempre disse. O Moro sempre teve um projeto perverso de poder. Que esse fato colabore para que as pessoas tenham a noção de que Lula nunca teve direito a um julgamento justo, para a construção desse projeto de poder”.

“Sergio Moro sempre atuou com parcialidade”, concordou Wadih Damous. “Moro representa isso, quando ele começa a chorar, nessa cena patética, ele vê a possibilidade de seu projeto de poder ir por ralo abaixo”, disse. “A Justiça hoje é extermamente politizada, e muitas das questões levadas a ela são decididas politicamente, e não juridicamente, sobretudo os processos que envolvem o ex-presidente Lula”.

A história do choro do ex-juiz foi revelada por um deputado do PSL para uma fonte do editor da Fórum, Renato Rovai, no ano passado. A mesma fonte disse que nesta conversa, após discretamente enxugar os olhos, Moro pediu uma segunda chance e disse que se o presidente lhe permitisse, mudaria o comportamento.

Fonte: JL/Revista Fórum
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
21/02/20, 17:09 | POLÍTICA - Ceará tem 51 assassinatos em 48 horas com motim da Polícia Militar
21/02/20, 15:05 | CRIME - Servidores denunciam Guedes na PGR por injúria e difamação
21/02/20, 14:56 | iINSEGURANÇA - Quatro cidades do Ceará cancelam carnaval por falta de segurança
21/02/20, 14:53 | POLÍTICA - Policiais já pressionam 12 Estados por reajuste salarial com apoio político
21/02/20, 13:50 | SEGURANÇA - Polícia Rodoviária Federal inicia Operação Carnaval nesta sexta-feira
21/02/20, 13:35 | FOLIA - Carnaval do Ceir comemora 10 anos de alegria e inclusão
21/02/20, 13:29 | INFRAESTRUTURA - Escolas municipais serão inauguradas em março e ampliará oferta de vagas em Teresina
21/02/20, 13:25 | SAÚDE - Teresina Transforma: campanha de doação de sangue ultrapassa meta de 100 doadores
21/02/20, 12:20 | POLÍTICA - Bolsonaro diz que ‘bicho vai pegar’ com Forças Armadas no Ceará
21/02/20, 12:12 | POLÊMICA - Ciro Gomes: tiros em Cid resultam do clima estimulado por Bolsonaro e sua ‘família de canalhas’
21/02/20, 12:10 | FESTAS - Bancos fecham na segunda e terça-feira de carnaval
21/02/20, 12:04 | POLÍTICA - Reforma tributária de Guedes ameaça financiamento de USP, Unesp e Unicamp
21/02/20, 11:53 | POLÍTICA - Supremo Tribunal vê com receio conexão entre Bolsonaro e PMs amotinados
21/02/20, 11:49 | POLÍTICA - Miriam Leitão: Bolsonaro exerceu seu mandato de deputado aos gritos e quer governar da mesma forma
20/02/20, 16:20 | OPINIÃO PÚBLICA - Pesquisa Ibope mostra que quanto menor a renda familiar, pior a avaliação da economia
20/02/20, 16:15 | REPERCUSSÃO NEGATIVA - Alcolumbre quer convocar general Heleno para explicar declaração contra Congresso Nacional
20/02/20, 16:11 | POLÍTICA - No STF, ministros Moraes e Lewandowski criticam greve da PM no Ceará
20/02/20, 14:46 | POLÍTICA - “Tiros foram para matar Cid Gomes”, diz jornalista Eliane Cantanhêde
20/02/20, 14:09 | INTERNACIONAL - Perseguição a Lula preocupa Parlamento Europeu
20/02/20, 13:50 | POLÍTICA - Partidarização das polícias é risco para a democracia, diz cientista político
20/02/20, 13:32 | POLÍTICA - DECEPÇÃO: Partido de Bolsonaro só consegue validar 2,9 mil assinaturas; faltam 490 mil
20/02/20, 13:26 | POLÍTICA - Paulo Guedes tenta pedir desculpa: “A mãe do meu pai foi doméstica”
20/02/20, 13:18 | HABITAÇÃO - Caixa anuncia financiamento imobiliário com juros fixos
20/02/20, 13:13 | POLÍTICA - “Flávio Bolsonaro nos visitou mais de uma vez”, afirma ex-PM que esteve preso com Adriano da Nóbrega
20/02/20, 10:10 | POLÍTICA - Globo descobre tardiamente que Bolsonaro é uma ameaça à democracia
20/02/20, 10:08 | POLÍTICA - Senador Cid Gomes deixa a UTI de hospital após ser baleado no Ceará em confronto com a polícia
20/02/20, 10:02 | POLÍTICA - Doria, Gilmar e Maia veem escalada de ‘autoritarismo’ com Bolsonaro
20/02/20, 08:59 | POLÍTICA - Eliane Cantanhêde: Bolsonaro elogia a polícia e se cala sobre as suas vítimas
20/02/20, 08:56 | REAÇÃO - REAÇÃO: Ordem no Exército é não vincular imagem de militares a Bolsonaro
20/02/20, 08:54 | POLÍTICA - Decepcionado com Bolsonaro, Datena teria desistido de disputar em SP
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site