CBN - A rádio que toca notícia

POLÍTICA

Fenaj: Bolsonaro é responsável por mais da metade dos ataques a jornalistas em 2019

De acordo com a entidade, em um ano de governo, Bolsonaro, sozinho, foi o responsável por 121 casos (58,17% do total) de ataques a veículos de comunicação e a jornalistas. Foram 114 ofensivas genéricas e generalizadas, além de sete casos de agressões diretas a jornalistas, totalizando 121 ocorrências

16/01/20, 15:18
A
ascensão de Jair Bolsonaro à Presidência da República afetou significativamente a liberdade de imprensa no Brasil. Em 2019, o número de casos de ataques a veículos de comunicação e a jornalistas aumentou 54,07% em relação a 2018, chegando a 208, contra 135 ocorrências no ano anterior. É o que aponta o Relatório da Violência contra Jornalistas e liberdade de imprensa – 2019, da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), divulgado nesta quinta-feira 16 (confira a íntegra abaixo).

A presidenta da FENAJ, Maria José Braga, alerta para a gravidade da situação. “Há, de fato, uma permanente ameaça à liberdade de imprensa no Brasil e à integridade física e moral dos jornalistas. É preciso urgentemente frear o arbítrio instalado no país”, diz.  

De acordo com a entidade, em um ano de governo, Bolsonaro, sozinho, foi o responsável por 121 casos (58,17% do total) de ataques a veículos de comunicação e a jornalistas. Foram 114 ofensivas genéricas e generalizadas, além de sete casos de agressões diretas a jornalistas, totalizando 121 ocorrências.  

A maioria dos ataques foi feita em divulgações oficiais da Presidência da República (discursos e entrevistas do presidente, transcritos no site do Palácio do Planalto) ou no Twitter oficial de Bolsonaro. Foram 116 casos, já denunciados pela FENAJ em divulgação específica. A esses, somaram-se outros cinco casos de agressões feitas em entrevistas/conversas com jornalistas que não foram reproduzidas no site do Palácio do Planalto.      

Além do número geral de casos de violência contra jornalistas e ataques à liberdade de imprensa ter crescido em 2019, também cresceu o número de assassinatos, a violência extrema contra a categoria. Os jornalistas Robson Giorno e Romário da Silva Barros, ambos com atuação em Maricá (RJ), foram assassinados. Em 2018, havia ocorrido um assassinato e, em 2017, nenhuma morte em razão do exercício profissional fora registrada. 

Foi registrado o mesmo número de ocorrências que no ano passado nas categorias das ameaças/intimidações e das censuras, respectivamente, 28 e dez casos. Houve diminuição numérica nas demais categorias de violência direta contra jornalistas. 

As agressões físicas – tipo de violência mais comum até 2018 – , foi uma das categorias em que houve diminuição no número de ocorrências. Foram 15 casos, que vitimaram 20 profissionais, contra 33 ocorrências no ano anterior.  

Em 2019, foram registradas também 20 agressões verbais, dez casos de impedimentos ao exercício profissional, cinco ocorrências de cerceamento à liberdade de imprensa por meio de ações judiciais e dois casos de violência contra a organização sindical dos jornalistas. Em 2018, foram, respectivamente, 27, 19, dez e três casos.
Fonte: JL/Brasil 247
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
21/02/20, 17:09 | POLÍTICA - Ceará tem 51 assassinatos em 48 horas com motim da Polícia Militar
21/02/20, 15:05 | CRIME - Servidores denunciam Guedes na PGR por injúria e difamação
21/02/20, 14:56 | iINSEGURANÇA - Quatro cidades do Ceará cancelam carnaval por falta de segurança
21/02/20, 14:53 | POLÍTICA - Policiais já pressionam 12 Estados por reajuste salarial com apoio político
21/02/20, 13:50 | SEGURANÇA - Polícia Rodoviária Federal inicia Operação Carnaval nesta sexta-feira
21/02/20, 13:35 | FOLIA - Carnaval do Ceir comemora 10 anos de alegria e inclusão
21/02/20, 13:29 | INFRAESTRUTURA - Escolas municipais serão inauguradas em março e ampliará oferta de vagas em Teresina
21/02/20, 13:25 | SAÚDE - Teresina Transforma: campanha de doação de sangue ultrapassa meta de 100 doadores
21/02/20, 12:20 | POLÍTICA - Bolsonaro diz que ‘bicho vai pegar’ com Forças Armadas no Ceará
21/02/20, 12:12 | POLÊMICA - Ciro Gomes: tiros em Cid resultam do clima estimulado por Bolsonaro e sua ‘família de canalhas’
21/02/20, 12:10 | FESTAS - Bancos fecham na segunda e terça-feira de carnaval
21/02/20, 12:04 | POLÍTICA - Reforma tributária de Guedes ameaça financiamento de USP, Unesp e Unicamp
21/02/20, 11:53 | POLÍTICA - Supremo Tribunal vê com receio conexão entre Bolsonaro e PMs amotinados
21/02/20, 11:49 | POLÍTICA - Miriam Leitão: Bolsonaro exerceu seu mandato de deputado aos gritos e quer governar da mesma forma
20/02/20, 16:20 | OPINIÃO PÚBLICA - Pesquisa Ibope mostra que quanto menor a renda familiar, pior a avaliação da economia
20/02/20, 16:15 | REPERCUSSÃO NEGATIVA - Alcolumbre quer convocar general Heleno para explicar declaração contra Congresso Nacional
20/02/20, 16:11 | POLÍTICA - No STF, ministros Moraes e Lewandowski criticam greve da PM no Ceará
20/02/20, 14:46 | POLÍTICA - “Tiros foram para matar Cid Gomes”, diz jornalista Eliane Cantanhêde
20/02/20, 14:09 | INTERNACIONAL - Perseguição a Lula preocupa Parlamento Europeu
20/02/20, 13:50 | POLÍTICA - Partidarização das polícias é risco para a democracia, diz cientista político
20/02/20, 13:32 | POLÍTICA - DECEPÇÃO: Partido de Bolsonaro só consegue validar 2,9 mil assinaturas; faltam 490 mil
20/02/20, 13:26 | POLÍTICA - Paulo Guedes tenta pedir desculpa: “A mãe do meu pai foi doméstica”
20/02/20, 13:18 | HABITAÇÃO - Caixa anuncia financiamento imobiliário com juros fixos
20/02/20, 13:13 | POLÍTICA - “Flávio Bolsonaro nos visitou mais de uma vez”, afirma ex-PM que esteve preso com Adriano da Nóbrega
20/02/20, 10:10 | POLÍTICA - Globo descobre tardiamente que Bolsonaro é uma ameaça à democracia
20/02/20, 10:08 | POLÍTICA - Senador Cid Gomes deixa a UTI de hospital após ser baleado no Ceará em confronto com a polícia
20/02/20, 10:02 | POLÍTICA - Doria, Gilmar e Maia veem escalada de ‘autoritarismo’ com Bolsonaro
20/02/20, 08:59 | POLÍTICA - Eliane Cantanhêde: Bolsonaro elogia a polícia e se cala sobre as suas vítimas
20/02/20, 08:56 | REAÇÃO - REAÇÃO: Ordem no Exército é não vincular imagem de militares a Bolsonaro
20/02/20, 08:54 | POLÍTICA - Decepcionado com Bolsonaro, Datena teria desistido de disputar em SP
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site