CBN - A rádio que toca notícia

POLÍTICA

CPI das Fake News identifica origem de disparos em massa durante as eleições de 2018

Ao menos 24 contas de WhatsApp foram identificadas como grandes disseminadores de mentiras e difamações durante o processo que elegeu Bolsonaro

16/01/20, 21:12

A
Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News segue encontrando uma série de irregularidades mesmo em recesso parlamentar. A relatora, deputada federal Lídice da Mata (PSB-BA), revelou trabalho em conjunto com a Polícia Federal para encontrar responsáveis pela onda de mentiras que tomou conta do país nos últimos anos.

Entre as irregularidades que passam por apuração conjunta com a PF está a denunciada hoje (16), pelo portal UOL. De acordo com a reportagem, foram identificadas pelo menos 24 contas de WhatsApp que fizeram disparos em massa de mensagens durante o processo eleitoral de 2018. São contas que atuaram ativamente na maior parte das mentiras e fake news divulgadas.

Os registros das contas são dos Estados Unidos, Vietnã, Inglaterra e Brasil, entretanto, há indícios de que os disparos foram efetuados do Brasil. Com essas informações, são esperadas intimações dos responsáveis. Para eficácia da investigação, será necessário esperar o fim do recesso parlamentar, já que quebras de sigilo devem ser aprovadas pelos demais membros da CPMI.

“Temos um delegado da Polícia Federal e um agente da Polícia Federal à disposição da CPI. E nós vamos ter que tratar desse assunto nesta semana logo. Então, estamos verificando quais providências podem ser tomadas antes de a CPI voltar a funcionar”, afirmou Lídice.

A CPMI das Fake News já evidenciou um grande esquema de mentiras coordenadas por pessoas ligadas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), além de grupos ultraconservadores. Em oitivas realizadas, foram detalhados trâmites, como um grande número de assessores de deputados de direita e extrema-direita que comandam uma gangue virtual; um dos setores de tal grupo é conhecido como “gabinete do ódio”. Uma das pessoas citadas em um dos degraus mais altos da articulação foi o filho do presidente, deputado federal Eduardo Bolsonaro (sem partido).

Fonte: JL/RBA
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
21/02/20, 17:09 | POLÍTICA - Ceará tem 51 assassinatos em 48 horas com motim da Polícia Militar
21/02/20, 15:05 | CRIME - Servidores denunciam Guedes na PGR por injúria e difamação
21/02/20, 14:56 | iINSEGURANÇA - Quatro cidades do Ceará cancelam carnaval por falta de segurança
21/02/20, 14:53 | POLÍTICA - Policiais já pressionam 12 Estados por reajuste salarial com apoio político
21/02/20, 13:50 | SEGURANÇA - Polícia Rodoviária Federal inicia Operação Carnaval nesta sexta-feira
21/02/20, 13:35 | FOLIA - Carnaval do Ceir comemora 10 anos de alegria e inclusão
21/02/20, 13:29 | INFRAESTRUTURA - Escolas municipais serão inauguradas em março e ampliará oferta de vagas em Teresina
21/02/20, 13:25 | SAÚDE - Teresina Transforma: campanha de doação de sangue ultrapassa meta de 100 doadores
21/02/20, 12:20 | POLÍTICA - Bolsonaro diz que ‘bicho vai pegar’ com Forças Armadas no Ceará
21/02/20, 12:12 | POLÊMICA - Ciro Gomes: tiros em Cid resultam do clima estimulado por Bolsonaro e sua ‘família de canalhas’
21/02/20, 12:10 | FESTAS - Bancos fecham na segunda e terça-feira de carnaval
21/02/20, 12:04 | POLÍTICA - Reforma tributária de Guedes ameaça financiamento de USP, Unesp e Unicamp
21/02/20, 11:53 | POLÍTICA - Supremo Tribunal vê com receio conexão entre Bolsonaro e PMs amotinados
21/02/20, 11:49 | POLÍTICA - Miriam Leitão: Bolsonaro exerceu seu mandato de deputado aos gritos e quer governar da mesma forma
20/02/20, 16:20 | OPINIÃO PÚBLICA - Pesquisa Ibope mostra que quanto menor a renda familiar, pior a avaliação da economia
20/02/20, 16:15 | REPERCUSSÃO NEGATIVA - Alcolumbre quer convocar general Heleno para explicar declaração contra Congresso Nacional
20/02/20, 16:11 | POLÍTICA - No STF, ministros Moraes e Lewandowski criticam greve da PM no Ceará
20/02/20, 14:46 | POLÍTICA - “Tiros foram para matar Cid Gomes”, diz jornalista Eliane Cantanhêde
20/02/20, 14:09 | INTERNACIONAL - Perseguição a Lula preocupa Parlamento Europeu
20/02/20, 13:50 | POLÍTICA - Partidarização das polícias é risco para a democracia, diz cientista político
20/02/20, 13:32 | POLÍTICA - DECEPÇÃO: Partido de Bolsonaro só consegue validar 2,9 mil assinaturas; faltam 490 mil
20/02/20, 13:26 | POLÍTICA - Paulo Guedes tenta pedir desculpa: “A mãe do meu pai foi doméstica”
20/02/20, 13:18 | HABITAÇÃO - Caixa anuncia financiamento imobiliário com juros fixos
20/02/20, 13:13 | POLÍTICA - “Flávio Bolsonaro nos visitou mais de uma vez”, afirma ex-PM que esteve preso com Adriano da Nóbrega
20/02/20, 10:10 | POLÍTICA - Globo descobre tardiamente que Bolsonaro é uma ameaça à democracia
20/02/20, 10:08 | POLÍTICA - Senador Cid Gomes deixa a UTI de hospital após ser baleado no Ceará em confronto com a polícia
20/02/20, 10:02 | POLÍTICA - Doria, Gilmar e Maia veem escalada de ‘autoritarismo’ com Bolsonaro
20/02/20, 08:59 | POLÍTICA - Eliane Cantanhêde: Bolsonaro elogia a polícia e se cala sobre as suas vítimas
20/02/20, 08:56 | REAÇÃO - REAÇÃO: Ordem no Exército é não vincular imagem de militares a Bolsonaro
20/02/20, 08:54 | POLÍTICA - Decepcionado com Bolsonaro, Datena teria desistido de disputar em SP
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site