CBN - A rádio que toca notícia

POLÍTICAS PÚBLICAS

Projeto de dança une mulheres pelo fim da violência de gênero em Teresina

O Centro de Referência Esperança Garcia oferece atendimento social, psicológico e jurídico para mulheres em situação de violência em Teresina e desenvolve diferentes práticas integrativas complementares

17/01/20, 18:03

Q
uando o grupo de mulheres acompanhadas pelo Centro de Referência Esperança Garcia (CREG) reúne-se para atividade de dança, as transformações acontecem além do que os olhos podem ver. A prática tem sido uma forma de reinventar a vida, dando para elas novas cores, sons, movimentos múltiplos de singularidade para o enfrentamento da violência de gênero.

A atividade denominada “Mulheres que dançam” é um projeto de iniciativa do CREG em conjunto com a Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (SMPM) e acontece uma vez ao mês. O Projeto busca proporcionar alegria, interação e bem-estar às mulheres atendidas, procurando ajudar também, cada vez mais, no fortalecimento e no rompimento do ciclo de violência sofrido.

A voluntária e professora, Ana Lídia, afirma que a dança é uma atividade que tem contribuído com a autoestima e empoderamento dessas mulheres. “Estamos no quinto mês da atividade e percebo que elas gostam muito, pois a dança ajuda na situação de enfrentamento da violência que elas vivenciaram. Além de ajudar na melhora da autoestima, desenvoltura, timidez, percebo que elas se já se soltam mais durante as aulas. É um momento agradável e de alegria para elas”, considera.

A.S, desempregada, de 32 anos, que frequenta a unidade há cerca de um ano, afirma que mesmo com a limitação de uma deficiência se sente bastante motivada em participar do momento. “Mesmo com a deficiência que tenho em um braço e perna, muitas vezes chego com dores, e com as atividades de alongamento e dança acaba passando todas as dores, e além de contribuir com a autoestima a gente sai com as energias renovadas para enfrentar o dia e o momento ruim que passei desaparece cada vez mais. Mesmo com a minha deficiência eu consigo dançar, no meu limite, mas eu consigo. E a mesma determinação que estou tendo na aula de dança procuro levar para minha vida”, pontua.

Já a segurança particular, D.S, por considerar o momento bastante atrativo e com diversos benefícios avalia que a atividade deveria ser realizada mais vezes.  “A dança contribui de várias formas. É uma atividade que nos traz alegria e benefícios para o corpo, além de me ajudar a esquecer toda violência sofrida. Uma distração e eu até preferia que fossem mais dias e não apenas uma vez por mês”, relata.

O Centro de Referência Esperança Garcia oferece atendimento social, psicológico e jurídico para mulheres em situação de violência em Teresina e desenvolve diferentes práticas integrativas complementares.  Entre janeiro e novembro de 2019 o Centro acompanhou 384 mulheres que sofreram algum tipo de violência na cidade de Teresina. Segundo levantamento realizado pela SMPM, juntamente com o CREG, dessas mulheres 125 foram inseridas no serviço no ano de 2019 e 259 já realizam acompanhamento na unidade. Através do atendimento especializado e trabalho de conscientização, somente nesse ano 15 mulheres conseguiram romper o ciclo de violência.

“O propósito da dança é reunir, esclarecer, descobrir todos os aspectos da vida. No dia de hoje, a usamos especialmente para enaltecer a mulher, que precisa se redescobrir, se aceitar, se respeitar. Por isso, procuramos essa harmonia. A atividade funciona também como mais um dos momentos de fortalecimento para que ela consiga cada vez mais romper esse ciclo de violência,” finaliza a gerente de enfrentamento a violência da SMPM, Lidiane Oliveira.

Mais informações sobre os serviços oferecidos pelo Centro podem ser obtidas por meio do telefone: (86) 3233-3798.

Fonte: JL/Assessoria
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
21/02/20, 17:09 | POLÍTICA - Ceará tem 51 assassinatos em 48 horas com motim da Polícia Militar
21/02/20, 15:05 | CRIME - Servidores denunciam Guedes na PGR por injúria e difamação
21/02/20, 14:56 | iINSEGURANÇA - Quatro cidades do Ceará cancelam carnaval por falta de segurança
21/02/20, 14:53 | POLÍTICA - Policiais já pressionam 12 Estados por reajuste salarial com apoio político
21/02/20, 13:50 | SEGURANÇA - Polícia Rodoviária Federal inicia Operação Carnaval nesta sexta-feira
21/02/20, 13:35 | FOLIA - Carnaval do Ceir comemora 10 anos de alegria e inclusão
21/02/20, 13:29 | INFRAESTRUTURA - Escolas municipais serão inauguradas em março e ampliará oferta de vagas em Teresina
21/02/20, 13:25 | SAÚDE - Teresina Transforma: campanha de doação de sangue ultrapassa meta de 100 doadores
21/02/20, 12:20 | POLÍTICA - Bolsonaro diz que ‘bicho vai pegar’ com Forças Armadas no Ceará
21/02/20, 12:12 | POLÊMICA - Ciro Gomes: tiros em Cid resultam do clima estimulado por Bolsonaro e sua ‘família de canalhas’
21/02/20, 12:10 | FESTAS - Bancos fecham na segunda e terça-feira de carnaval
21/02/20, 12:04 | POLÍTICA - Reforma tributária de Guedes ameaça financiamento de USP, Unesp e Unicamp
21/02/20, 11:53 | POLÍTICA - Supremo Tribunal vê com receio conexão entre Bolsonaro e PMs amotinados
21/02/20, 11:49 | POLÍTICA - Miriam Leitão: Bolsonaro exerceu seu mandato de deputado aos gritos e quer governar da mesma forma
20/02/20, 16:20 | OPINIÃO PÚBLICA - Pesquisa Ibope mostra que quanto menor a renda familiar, pior a avaliação da economia
20/02/20, 16:15 | REPERCUSSÃO NEGATIVA - Alcolumbre quer convocar general Heleno para explicar declaração contra Congresso Nacional
20/02/20, 16:11 | POLÍTICA - No STF, ministros Moraes e Lewandowski criticam greve da PM no Ceará
20/02/20, 14:46 | POLÍTICA - “Tiros foram para matar Cid Gomes”, diz jornalista Eliane Cantanhêde
20/02/20, 14:09 | INTERNACIONAL - Perseguição a Lula preocupa Parlamento Europeu
20/02/20, 13:50 | POLÍTICA - Partidarização das polícias é risco para a democracia, diz cientista político
20/02/20, 13:32 | POLÍTICA - DECEPÇÃO: Partido de Bolsonaro só consegue validar 2,9 mil assinaturas; faltam 490 mil
20/02/20, 13:26 | POLÍTICA - Paulo Guedes tenta pedir desculpa: “A mãe do meu pai foi doméstica”
20/02/20, 13:18 | HABITAÇÃO - Caixa anuncia financiamento imobiliário com juros fixos
20/02/20, 13:13 | POLÍTICA - “Flávio Bolsonaro nos visitou mais de uma vez”, afirma ex-PM que esteve preso com Adriano da Nóbrega
20/02/20, 10:10 | POLÍTICA - Globo descobre tardiamente que Bolsonaro é uma ameaça à democracia
20/02/20, 10:08 | POLÍTICA - Senador Cid Gomes deixa a UTI de hospital após ser baleado no Ceará em confronto com a polícia
20/02/20, 10:02 | POLÍTICA - Doria, Gilmar e Maia veem escalada de ‘autoritarismo’ com Bolsonaro
20/02/20, 08:59 | POLÍTICA - Eliane Cantanhêde: Bolsonaro elogia a polícia e se cala sobre as suas vítimas
20/02/20, 08:56 | REAÇÃO - REAÇÃO: Ordem no Exército é não vincular imagem de militares a Bolsonaro
20/02/20, 08:54 | POLÍTICA - Decepcionado com Bolsonaro, Datena teria desistido de disputar em SP
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site