CBN - A rádio que toca notícia

ARTIGO

Justiça em tempos de pandemia

No âmbito da Justiça, é fundamental buscar soluções para seu funcionamento sem prejuízo do combate à pandemia. O trabalho de mais de um milhão de advogadas e advogados brasileiros, assim como os pleitos de centenas de milhares de cidadãos, dependem disso

19/03/20, 06:32

Por Felipe Santa Cruz, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (foto)

O
avanço de casos do novo coronavírus no país exige, dos cidadãos e das instituições, responsabilidade social e também medidas que possam mitigar as consequências da pandemia no campo econômico. É preciso que cada indivíduo tenha consciência da importância do cumprimento das orientações de quarentena e outras medidas das autoridades sanitárias; e que o poder público ofereça contrapartidas efetivas, a fim de dar condições de sobrevivência ao pequeno e médio empresário, aos trabalhadores autônomos e aos profissionais liberais durante o período de esforço coletivo.

No âmbito da Justiça, é fundamental buscar soluções para seu funcionamento sem prejuízo do combate à pandemia. O trabalho de mais de um milhão de advogadas e advogados brasileiros, assim como os pleitos de centenas de milhares de cidadãos, dependem disso.

Nos processos eletrônicos, portanto, os prazos não devem ser suspensos. E o uso de ferramentas tecnológicas, como as videoconferências e o teletrabalho, será de valiosa ajuda para a continuidade da prestação jurisdicional.

É compreensível a suspensão das audiências por 15 dias, com posterior reavaliação quanto a novas postergações, conforme orientação das autoridades de saúde. Mas os casos urgentes, que envolvam risco de perecimento de direito ou de prescrição, necessitam ter garantida a sua discussão, com a cautela de se evitar a aproximação pessoal entre partes, advogados e funcionários. Esse conceito de urgência se aplica igualmente a audiências de custódia, admonitórias e de réus presos, que devem prosseguir, normalmente.

Os processos nos quais há valores depositados em condições de serem liberados e as demandas de execução e cumprimento de sentença requerem prioridade, com a promoção de iniciativas que agilizem a expedição de alvarás e a liberação de valores.

Tais propostas integram documento entregue pela OAB Nacional ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) nesta semana. O objetivo da Ordem é colaborar, procurando soluções conjuntas no sentido de atenuar as naturais dificuldades impostas pela covid-19 às atividades do Judiciário.

Defendemos que haja um acompanhamento ainda mais rigoroso da produtividade nesse momento de exceção. Entre as sugestões da OAB, está a realização de reuniões, no mínimo uma vez por semana, por meio eletrônico, nas unidades da Justiça. Nesses encontros virtuais, os servidores poderão avaliar os trabalhos e a adoção de providências para a continuidade dos serviços forenses, no mesmo ritmo anterior ao da disseminação do coronavírus.

Por fim, é essencial uma uniformização da política a ser aplicada nacionalmente pelo Judiciário, a partir da orientação do CNJ. Regras claras e bem definidas, em todo o Brasil. Um eventual colapso na administração da Justiça acarretaria seriíssimos prejuízos para a população, já tão sacrificada em seu cotidiano pela sombra trágica da pandemia.

Fonte: JL
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
27/05/20, 19:23 | CRIME - STJ rejeita federalização de Caso Marielle e Anderson
27/05/20, 19:18 | PESQUISA - 61% acham que Bolsonaro quis interferir na PF, diz Datafolha
27/05/20, 19:06 | POLÍTICA - Veja quem é quem na quadrilha das fake news
27/05/20, 17:18 | POLÍTICA - Pesquisa nacional mostra queda dupla de Bolsonaro e Moro; imagem negativa supera positiva
27/05/20, 16:48 | CRISE - Fux diz que Supremo está vigilante contra qualquer forma de agressão
27/05/20, 16:42 | POLÍTICA - Ministro do STF inclui período eleitoral de 2018 em quebra de sigilo de Hang e empresários bolsonaristas
27/05/20, 16:30 | INVESTIGAÇÃO - Bolsonaro relata a aliados que tem medo que Carluxo vire próximo alvo da operação sobre fake news
27/05/20, 16:27 | POLÍTICA - Os terroristas virtuais agora vão conhecer a face dura da Justiça e da lei, afirma presidente da OAB
27/05/20, 15:47 | PANDEMIA - Fumante com coronavírus tem 14 vezes mais chances de morrer
27/05/20, 15:42 | PANDEMIA - Em Teresina, feriado de Corpus Christi será antecipado para esta sexta-feira (29)
27/05/20, 15:39 | PANDEMIA - 68% dos teresinenses com Covid-19 têm comorbidades, diz pesquisa
27/05/20, 15:01 | PANDEMIA - Pesquisa identifica quase 6 mil pessoas imunes à Covid-19 em Teresina
27/05/20, 14:30 | INVESTIGAÇÃO - PF encontra provas de atuação dos robôs de Bolsonaro; confira o mandado na íntegra
27/05/20, 13:22 | PANDEMIA - França suspende hidroxicloroquina como tratamento para covid-19
27/05/20, 13:15 | POLÍTICA - Alexandre de Moraes: “não se pode confundir liberdade de manifestação com irresponsabilidade”
27/05/20, 13:11 | ARTIGO - Ação da PF abala relação de Bolsonaro com centrão e atinge gabinete do ódio
27/05/20, 13:04 | ARTIGO - Asfixiando Bolsonaro
27/05/20, 12:52 | POLÍTICA - Saiba quem são os bolsonaristas alvos da ação da PF contra a milícia digital que propaga fake news
27/05/20, 10:06 | POLÍTICA - Cúpula do Planalto vê ação da PF autorizada por Alexandre de Moraes como cerco a Bolsonaro
27/05/20, 09:52 | POLÍTICA - STF: inquérito das fake news mira aliados de Bolsonaro
27/05/20, 09:48 | PANDEMIA - Covid-19: Piauí tem recorde de mortes e de confirmações em 24 horas
27/05/20, 09:39 | INVESTIGAÇÃO - Dono da Havan Luciano Hang, Roberto Jefferson e blogueiro são alvos de operação da PF
27/05/20, 08:51 | PANDEMIA - Auxílio Emergencial pode ser recebido em agências barco da Caixa no Amazonas
27/05/20, 07:53 | INVESTIGAÇÃO - PF cumpre mandados de busca e apreensão em 5 estados e DF sobre fake news e ofensas ao STF
27/05/20, 07:28 | PANDEMIA - 40 milhões de profissionais da saúde de 90 países pedem socorro
27/05/20, 07:24 | INVESTIGAÇÃO - Moraes manda Weintraub depor à PF sobre falas em reunião ministerial
27/05/20, 07:17 | STF - Celso de Mello é o relator do impeachment de general Heleno
26/05/20, 17:11 | POLÍTICA - ‘Sistema de informação particular’ pode gerar novo inquérito contra Bolsonaro, avalia STF
26/05/20, 17:08 | POLÍTICA - Celso de Mello afirma que não há 'liberdade e democracia' sem 'Judiciário independente'
26/05/20, 15:28 | INDÍCIOS - ESCÂNDALO: Mãe do prefeito de Luzilândia é investigada por apropriação de R$ 46.540,00 da Câmara Municipal
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site