CBN - A rádio que toca notícia

PANDEMIA

Se nossa população não ficar em casa, mortes podem chegar a 1,15 milhão

Estudo desmente Bolsonaro, que fala em “algumas mortes”. E estima em 188 milhões de infectados, dos quais 6,2 milhões sendo internados e 1,5 milhão em UTI

28/03/20, 11:24

O
presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a defender hoje (27) o fim do isolamento decretado por governadores para conter a disseminação do novo coronavírus. No começo da noite, em entrevista à TV, chegou a dizer que “infelizmente algumas mortes terão, paciência, acontece, e vamos tocar o barco”. E que “o brasileiro tem de trabalhar”, que “esse negócio de confinamento aí tem que acabar”.

O governo – que contraria recomendações de autoridades científicas e sanitárias nacionais e internacionais, como a Organização Mundial da Saúde (OMS) para o enfrentamento à pandemia, sem apresentar qualquer estudo científico que seja – insiste no fim da estratégia decretada por governadores. Tanto que chegou a contratar uma agência por R$ 4,8 milhões para fazer propaganda.

Mas a tese do governo não tem mesmo sustentação. Um estudo realizado pelo Imperial College de Londres, publicado nesta quinta-feira (26), traça um cenário catastrófico caso a estratégia do isolamento social seja abandonada no Brasil – o cenário mais dramático resultante de cálculos epidemiológicos a partir de dados de infecção, evolução e mortalidade.

Segundo os pesquisadores, que são especialistas em doenças transmissíveis, sem medidas de isolamento, com as pessoas voltando à vida normal, o corona contagiaria 188 milhões de pessoas, sendo que 6,2 milhões necessitariam de hospitalização, 1,5 milhão teriam necessidade de UTI e o país pode ter até 1,15 milhão de mortos. Caso fossem adotadas restrições mais drásticas e precoces,  a estimativa de mortos cairia para 44 mil.

Uma estratégia mais branda, com proibição apenas de eventos, redução na circulação e pequenas aglomerações, as mortes chegariam ao número de 627 mil. Seriam infectados 122 milhões, dos quais 3,5 milhões iriam precisar de hospitalização e 831 mil de UTI.

Protegendo os idosos – os mais vulneráveis – as complicações e mortes chegam a 530 mil. Nesse cenário, eles só deveriam sair de casa quando absolutamente necessário. Por causa da circulação das pessoas mais jovens, haveria 121 milhões de infectados, 3,2 milhões necessitando de hospitalização de 702 a ponto de precisar de UTI.

Outros estudos britânicos, como os da Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres, da rede pública de ensino superior britânica, também atestam que quarentenas e restrições de circulação reduzem em até 92% a gravidade que a pandemia alcançaria lá pela metade do ano em comparação com nenhuma estratégia adotada. E em 24% a esperada para o final do ano. Foram intervenções como estas que permitiram que Hubei, na China, e em outros países asiáticos evitassem uma situação ainda mais grave”. 

Fonte: JL/RBA
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
27/05/20, 17:18 | POLÍTICA - Pesquisa nacional mostra queda dupla de Bolsonaro e Moro; imagem negativa supera positiva
27/05/20, 16:48 | CRISE - Fux diz que Supremo está vigilante contra qualquer forma de agressão
27/05/20, 16:42 | POLÍTICA - Ministro do STF inclui período eleitoral de 2018 em quebra de sigilo de Hang e empresários bolsonaristas
27/05/20, 16:30 | INVESTIGAÇÃO - Bolsonaro relata a aliados que tem medo que Carluxo vire próximo alvo da operação sobre fake news
27/05/20, 16:27 | POLÍTICA - Os terroristas virtuais agora vão conhecer a face dura da Justiça e da lei, afirma presidente da OAB
27/05/20, 15:47 | PANDEMIA - Fumante com coronavírus tem 14 vezes mais chances de morrer
27/05/20, 15:42 | PANDEMIA - Em Teresina, feriado de Corpus Christi será antecipado para esta sexta-feira (29)
27/05/20, 15:39 | PANDEMIA - 68% dos teresinenses com Covid-19 têm comorbidades, diz pesquisa
27/05/20, 15:01 | PANDEMIA - Pesquisa identifica quase 6 mil pessoas imunes à Covid-19 em Teresina
27/05/20, 14:30 | INVESTIGAÇÃO - PF encontra provas de atuação dos robôs de Bolsonaro; confira o mandado na íntegra
27/05/20, 13:22 | PANDEMIA - França suspende hidroxicloroquina como tratamento para covid-19
27/05/20, 13:15 | POLÍTICA - Alexandre de Moraes: “não se pode confundir liberdade de manifestação com irresponsabilidade”
27/05/20, 13:11 | ARTIGO - Ação da PF abala relação de Bolsonaro com centrão e atinge gabinete do ódio
27/05/20, 13:04 | ARTIGO - Asfixiando Bolsonaro
27/05/20, 12:52 | POLÍTICA - Saiba quem são os bolsonaristas alvos da ação da PF contra a milícia digital que propaga fake news
27/05/20, 10:06 | POLÍTICA - Cúpula do Planalto vê ação da PF autorizada por Alexandre de Moraes como cerco a Bolsonaro
27/05/20, 09:52 | POLÍTICA - STF: inquérito das fake news mira aliados de Bolsonaro
27/05/20, 09:48 | PANDEMIA - Covid-19: Piauí tem recorde de mortes e de confirmações em 24 horas
27/05/20, 09:39 | INVESTIGAÇÃO - Dono da Havan Luciano Hang, Roberto Jefferson e blogueiro são alvos de operação da PF
27/05/20, 08:51 | PANDEMIA - Auxílio Emergencial pode ser recebido em agências barco da Caixa no Amazonas
27/05/20, 07:53 | INVESTIGAÇÃO - PF cumpre mandados de busca e apreensão em 5 estados e DF sobre fake news e ofensas ao STF
27/05/20, 07:28 | PANDEMIA - 40 milhões de profissionais da saúde de 90 países pedem socorro
27/05/20, 07:24 | INVESTIGAÇÃO - Moraes manda Weintraub depor à PF sobre falas em reunião ministerial
27/05/20, 07:17 | STF - Celso de Mello é o relator do impeachment de general Heleno
26/05/20, 17:11 | POLÍTICA - ‘Sistema de informação particular’ pode gerar novo inquérito contra Bolsonaro, avalia STF
26/05/20, 17:08 | POLÍTICA - Celso de Mello afirma que não há 'liberdade e democracia' sem 'Judiciário independente'
26/05/20, 15:28 | INDÍCIOS - ESCÂNDALO: Mãe do prefeito de Luzilândia é investigada por apropriação de R$ 46.540,00 da Câmara Municipal
26/05/20, 14:53 | POLÍTICA - Governador do Rio diz que Bolsonaro irá perseguir outros governadores
26/05/20, 14:50 | POLÍTICA - Entidades evangélicas progressistas pedem saída de Bolsonaro e respeito à ciência
26/05/20, 14:26 | POLÍTICA - Na presidência do TSE, Barroso diz que vai pautar cassação da chapa Bolsonaro e Mourão “nas próximas semanas”
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site