CBN - A rádio que toca notícia

INVESTIGAÇÃO

Em novo depoimento, Queiroz diz que esperava ser assessor de Flávio Bolsonaro no Senado

Ex-assessor falou ao Ministério Público Federal na quinta-feira e reiterou desconhecer vazamento de investigação

03/07/20, 16:17
E
m novo depoimento prestado na quinta-feira, o ex-assessor Fabrício Queiroz afirmou ao Ministério Público Federal que "esperava" ser nomeado para trabalhar no gabinete de Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) no Senado no fim de 2018, antes de vir a público o relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) que apontou movimentações atípicas no valor de R$ 1,2 milhão nas suas contas.

Esse foi o segundo depoimento prestado por Queiroz desde que foi preso na Operação Anjo, deflagrada no último dia 18 de junho - ele foi preso em um imóvel pertencente a Frederick Wassef, advogado da família Bolsonaro.  Na segunda, ele também foi ouvido pela Polícia Federal e deu declarações de teor semelhante.

Ele foi ouvido pelo procurador Eduardo Benones, do Ministério Público Federal na condição de testemunha, que não lhe dá o direito de permanecer em silêncio. A investigação do MPF apura suspeitas de vazamento na Operação Furna da Onça - o empresário Paulo Marinho disse que a equipe de Flávio Bolsonaro recebeu um vazamento da Polícia Federal do Rio avisando que foram detectadas movimentações financeiras atípicas de Queiroz e que ele foi demitido do seu cargo por isso.

Neste depoimento, o ex-assessor afirmou que tinha a expectativa de ser nomeado por Flávio para seu gabinete no Senado, cargo ao qual o filho do presidente foi eleito no fim de 2018. Essa nomeação, entretanto, não ocorreu e Queiroz se tornou a peça central na investigação sobre rachadinha.

O ex-assessor disse que não chegou a conversar com Flávio sobre uma possível nomeação ao Senado. "Apenas esperava que isso viesse a ocorrer devido aos bons serviços que prestou durante a candidatura", afirmou.

Queiroz voltou a dizer que não teve conhecimento desse vazamento e que sua saída do gabinete de Flávio na Assembleia Legislativa no Rio se deu a pedido dele próprio, como havia dito em depoimento à Polícia Federal na última segunda-feira. Também afirmou que tomou conhecimento apenas pela imprensa, no início de dezembro, do relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) que apontou que movimentação de R$ 1,2 milhão entre janeiro de 2016 e o mesmo mês de 2017 em suas contas.

Foi por causa da expectativa de ir para Brasília que Queiroz pediu demissão, ainda em outubro, do seu cargo no gabinete de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), e deu entrada em seu pedido de aposentadoria na Polícia Militar do Rio. A expectativa, porém, não se concretizou.

O ex-assessor também disse que se encontrou com Flávio logo após ter vindo a público o relatório do Coaf, no fim de 2018, e que depois disso não manteve mais contato com o senador. Afirmou ainda que também cortou contato com o presidente Jair Bolsonaro desde então.

O senador Flávio Bolsonaro já foi intimado pelo MPF para também prestar depoimento nesta investigação. Uma data ainda será agendada. Caso haja necessidade ao curso da investigação, Queiroz pode ter que ser ouvido novamento pelos investigadores. Também devem ser ouvidos nos próximos dias outros personagens citados no caso.

Queiroz ainda não prestou depoimento na investigação da rachadinha, conduzida pelo Ministério Público Estadual. Desde que seu nome ficou sob suspeita, o ex-assessor passou a se esquivar de apresentar explicações. Sua defesa apresentou informações por escrito, mas Queiroz nunca chegou a prestar depoimento ao MP do Rio. Agora que está preso, ele deve também ser ouvido pelos promotores sobre o esquema de rachadinha. Neste caso, como é investigado, ele tem o direito de ficar em silêncio.
Fonte: JL/OGlobo
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
15/08/20, 01:07 | POLÍTICA - Oposição aciona STF contra MP de Bolsonaro que permite a privatização da Caixa
15/08/20, 00:29 | POLÍTICA - Bolsonaro diz estar ‘profundamente irritado’ com Paulo Guedes
15/08/20, 00:25 | DECISÃO - Gilmar Mendes mantém Queiroz e a esposa em prisão domiciliar
15/08/20, 00:22 | POLÍTICA - Líder do centrão começa a fritar Guedes: ‘ninguém é insubstituível’
14/08/20, 08:19 | INVESTIGAÇÃO - Deprimida, mulher de Queiroz diz que foi vítima de ‘armação’
14/08/20, 08:12 | POLÊMICA - Juíza que citou raça de réu negro em sentença pode perder cargo
14/08/20, 07:29 | INVESTIGAÇÃO - Ex-assessores de Flávio sacaram pelo menos R$ 7,2 milhões
13/08/20, 22:01 | POLÍTICA - Jornal Nacional sobe o tom e expõe possível fraude de Flávio Bolsonaro em notas fiscais
13/08/20, 21:21 | POLÍTICA - PSDB lança pré-candidato com qualificação para concorrer a prefeito de Luzilândia
13/08/20, 20:26 | INVESTIGAÇÃO - Ministro do STJ revoga domiciliar e determina que Queiroz volte para prisão
13/08/20, 18:03 | ESPORTE - Conmebol divulga jogos da Copa América e libera trocas para mata-mata
13/08/20, 17:49 | PANDEMIA - Restaurantes reabrem na segunda (17) e são orientados sobre cuidados contra a Covid-19
13/08/20, 17:35 | BENEFÍCIO - Governo do Piauí antecipa pagamento do 13º para esta sexta-feira (14)
13/08/20, 17:33 | PANDEMIA - 34% dos ministros e 40% dos governadores tiveram covid19
13/08/20, 12:32 | POLÍTICA - "Bolsonaro não acredita na agenda de Paulo Guedes", diz Miriam Leitão
13/08/20, 12:24 | PANDEMIA - Caixão com corpo de vítima da covid-19 é abandonado em cemitério no Piauí
13/08/20, 12:11 | PANDEMIA - Cristo Redentor passa por desinfecção antes da reabertura no sábado
13/08/20, 12:02 | GERAL - Aniversário de Teresina será celebrado de forma especial e mantendo protocolos de segurança
13/08/20, 11:55 | INVESTIGAÇÃO - Flávio Bolsonaro diz não lembrar de pagamento em espécie em compra de apartamento
13/08/20, 11:47 | INVESTIGAÇÃO - Dallagnol admite “eventuais equívocos” e diz que afastamento da Lava Jato é “punição”
13/08/20, 11:42 | POLÍTICA - Primo de Michelle Bolsonaro diz que vai revelar segredos da primeira-dama
12/08/20, 15:20 | EDUCAÇÃO - Pais acreditam que qualidade do ensino caiu na pandemia, diz pesquisa
12/08/20, 14:46 | JUDICIÁRIO - Corregedoria do Tribunal de Justiça do Paraná vai investigar juíza acusada de sentença racista
12/08/20, 14:41 | POLÍTICA - Governador do Piauí e representantes do Consórcio Nordeste debatem sobre saúde e economia
12/08/20, 14:38 | PANDEMIA - Número de pessoas com potencial de transmitir a Covid-10 volta a crescer em Teresina
12/08/20, 14:35 | INVESTIGAÇÃO - Gabinete de Bolsonaro também serviu para esquema de ‘rachadinha’ entre Queiroz e a filha
12/08/20, 06:13 | ECONOMIA - Empresário bolsonarista diz que Brasil está de volta ao abismo
12/08/20, 06:11 | ECONOMIA - Guedes: Bolsonaro corre risco de sofrer impeachment se furar teto de gastos
11/08/20, 22:17 | POLÍTICA - Ministra do Supremo detona Bolsonaro: “Irresponsabilidade política causou tragédia de 100 mil mortos”
11/08/20, 21:49 | POLÍTICA - Mendonça entrega dossiê sobre antifascistas ao Congresso
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site