CBN - A rádio que toca notícia

ECONOMIA

Preço do arroz é motivado pelo desmonte promovido por Bolsonaro, diz economista

Fim do estoque regulador e incentivo à exportação são erros do governo que levaram à alta do arroz, afirma economista Juliane Furno

14/09/20, 12:28

O
preço do arroz disparou nas últimas semanas e um pacote de cinco quilos chega a custar R$ 40 nos supermercados. Um dos principais alimentos do Brasil enfrenta um desmonte de políticas públicas por parte do governo Bolsonaro, que permite ao produtor priorizar o mercado internacional.

Doutora em Desenvolvimento Econômico pela Unicamp e integrante do Levante Popular da Juventude, a economista Juliane Furno explica que a alta do arroz é resultado da política de livre mercado defendida pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

“O governo Bolsonaro desmontou a Conab e a política pública de criar estoque regular, que mantinha o preço baixo, a partir da oferta de mais alimentos. Além disso, o nosso agronegócio não é vocacionado a colocar comida em nossa mesa. Se o preço internacional está alto, eles vão priorizar a exportação, enquanto o governo, defensor do livre mercado, não faz nada para regulamentar essa produção”, explicou, em entrevista ao programa Brasil TVT neste domingo (13).

De acordo com ela, como alguns países fecharam a barreira para exportação e outros pararam de importar arroz, há uma procura global por arroz. “Como o Brasil passa por uma desvalorização cambial, tornou nossos produtos mais competitivos no mercado internacional. Tornou-se barato comprar nosso arroz lá fora, porque vale muito menos”, acrescentou.

Desmonte da Conab

A economista lembra que desde 2016, o Brasil parou de investir nos estoques reguladores dos alimentos não perecíveis. Ela explica que há uma lei brasileira que obriga o estoque de 20% dos produtos comparado ao consumo anual.

De acordo com dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em 2015, os estoques médios mensais de arroz foram de 1.629 toneladas. Com Paulo Guedes, caíram para 22 toneladas mensais. Esses estoques reguladores servem para impedir que aconteçam altas especulativas e de desequilíbrios de ofertas, mantendo o equilíbrio entre oferta e demanda e a normalidade dos preços.

“Hoje, o Brasil tem o estoque de arroz para menos de um dia, ou seja, desmontou esse mecanismo de defesa”, afirma Juliane. Ela diz ainda que o governo, em vez de investir em políticas públicas, está incentivando a importação do arroz, o que se reflete em outros preços.

“Isso é prejudicial para nossa balança comercial, porque a valorização cambial deixa nossos produtos mais competitivos no exterior, mas os insumos para produzir grande parte dos nossos alimentos são importados. Então, o trigo está mais caro e o produtor vai repassar esse valor no preço do pão, por exemplo”, criticou.

Por outro lado, ela acredita que o preço do arroz só deve cair após o desaquecimento da demanda internacional. “O governo ainda promete que a próxima safra do arroz vai normalizar os preços domésticos. Porém, a maior parte do arroz vem do sul do país e a safra só começa em fevereiro. Novamente, Bolsonaro lava as mãos e o povo sofre as consequências. Os mais pobres gastam 61% da sua renda em alimentos, ou seja, terá consequência sobre a população.”

Fonte: JL/RBA
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
26/09/20, 08:34 | POLÍTICA - Indicado por Bolsonaro ao STF pode herdar inquérito sobre interferência na PF
26/09/20, 08:29 | POLÍTICA - Em 2010, Flávio Bolsonaro doou R$ 733 mil em dinheiro vivo para a mãe
26/09/20, 08:24 | ESPORTE - STJD confirma Palmeiras x Flamengo; jogo vai acontecer neste domingo (27)
23/09/20, 16:10 | CORONAVAC - Dados mostram segurança da vacina contra Covid-19 testada no DF
23/09/20, 16:06 | POLÍTICA - Família Bolsonaro doou dinheiro vivo entre si para campanhas eleitorais
23/09/20, 15:53 | INVESTIGAÇÃO - Carlos Bolsonaro adquiriu imóvel por R$ 150 mil em dinheiro vivo aos 20 anos
23/09/20, 14:58 | TRAGÉDIA - Mortes por síndrome respiratória cresceram 3.644% com a pandemia de covid-19
23/09/20, 14:53 | PANDEMIA - Covid-19: Ministério da Saúde endossa retorno de torcidas aos estádios
23/09/20, 14:45 | AUXÍLIO - Agricultores pressionam Congresso por derrubada de vetos de Bolsonaro
23/09/20, 14:04 | ECONOMIA & POLÍTICA - IBGE: 2,9 milhões perderam emprego entre maio e agosto
23/09/20, 11:39 | POLÍTICA - Bolsonaro mentiu na ONU sobre aumento de investimento estrangeiro
23/09/20, 11:35 | POLÍTICA - Maioria das queimadas na Amazônia foram em fazendas
23/09/20, 11:31 | ECONOMIA - Pandemia reduz em um décimo renda mundial obtida com trabalho, diz OIT
23/09/20, 10:19 | PANDEMIA - DF ultrapassa RJ e lidera taxa de mortes por covid-19
23/09/20, 10:14 | BENEFÍCIO - Caixa paga auxílio de R$ 300 para beneficiários do Bolsa Família
23/09/20, 10:04 | EDUCAÇÃO - Enem: estudantes tem até 1º de outubro para inserir foto no cadastro
23/09/20, 09:55 | ARTIGO - Discurso de Bolsonaro na ONU foi primor de cinismo
23/09/20, 09:39 | ARTIGO - Um farsante nas Nações Unidas
23/09/20, 09:33 | ARTIGO - Eu quero me mudar para o país descrito por Bolsonaro, na ONU
23/09/20, 05:58 | POLÍTICA - Eleições 2020: Prazo para envio de candidaturas aos cartórios eleitorais e internet termina neste sábado (26)
23/09/20, 05:52 | POLÍTICA - Mais de 100 deputados federais assinam manifesto contra corte de R$ 1,8 bi no orçamento do MEC para 2021
22/09/20, 22:42 | INTERNACIONAL - Após discurso fracassado de Bolsonaro, ONU convida Lula para debater 'Educação e as Sociedades Que Queremos'
22/09/20, 22:17 | POLÍTICA - “O povo quer saber”: Carro de som percorre ruas de BH expondo “crimes” de Bolsonaro
22/09/20, 18:22 | POLÍTICA - Lula escreve 'discurso' para ONU e culpa Bolsonaro por mortes do coronavírus
22/09/20, 16:07 | TRAGÉDIA AMBIENTAL - As imagens da luta dos animais pela vida no Pantanal em chamas
22/09/20, 15:57 | POLÍTICA - “Bolsonaro mentiroso” quebra Twitter depois de fala na ONU
22/09/20, 14:21 | ONU - Oposição diz que discurso de Bolsonaro foi “vergonhoso”; governistas elogiam
22/09/20, 13:57 | INVESTIGAÇÃO - Fogo no Pantanal mato-grossense começou em fazendas de pecuaristas que fornecem para gigantes do agronegócio
22/09/20, 10:31 | PANDEMIA - Governo federal tem pelo menos 1.423 servidores contaminados com covid-19
22/09/20, 10:29 | POLÍTICA - “Família Bolsonaro se elege com ajuda das milícias”, diz Gabeira
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site