CBN - A rádio que toca notícia

AUXÍLIO

Agricultores pressionam Congresso por derrubada de vetos de Bolsonaro

Manifestações de produtores rurais ocorreram em pelo menos nove estados e DF na manhã desta quarta-feira (23)

23/09/20, 14:45

M
ovimentos de agricultores familiares se manifestaram na manhã desta quarta-feira (23) em pelo menos nove estados brasileiros e no Distrito Federal contra a política do governo de Jair Bolsonaro (sem partido) que tem esvaziado, desde o início do seu mandato, as políticas ligadas à produção de alimentos da agricultura familiar.

Em Brasília, a expectativa é ter uma conversa com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), para dialogar sobre a derrubada dos vetos do presidente Jair Bolsonaro ao Projeto de Lei 735, que institui a Lei Emergencial da Agricultura Familiar, conhecida como Lei Assis Carvalho e entregar uma cesta de agroecologia, explica Marcos Rochinski, coordenador da Confederação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar do Brasil (Contraf) 

Com a crise econômica intensificada pela pandemia de covid-19 e sem auxílio aos agricultores familiares, Rochinski afirma que existe a possibilidade de “escassez de produto, aumento de preço e, consequentemente, empobrecimento do campo e aumento da desigualdade social, impondo aos mais empobrecidos condições piores a cada dia ou nenhuma condição de se alimentar”. 

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a fome atinge 10,3 milhões de pessoas no país e 44% das famílias rurais sofrem com insegurança alimentar.

Sancionado no dia 24 de agosto, o projeto perdeu 17 de 20 artigos com o veto presidencial. Entre os pontos não aprovados estão: o auxílio emergencial no valor de R$ 600,00 pagos em cinco parcelas (nos moldes do auxílio concedido aos trabalhadores urbanos), recursos para compras públicas pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), renegociação e adiamento de financiamentos, e linhas de crédito emergenciais. 

A manifestação reuniu majoritariamente mulheres e crianças em frente ao Congresso Nacional / fotos: Nayá Tawane

“Os povos do campo precisam ser protegidos", defende Kelli Mafort, da direção nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Ela ressalta que todas as medidas suprimidas são consideradas essenciais pelos agricultores familiares para poder produzir, alimentar a si mesmos e ao país.

Segundo o IBGE em apenas cinco anos - de 2013 até 2018 -  o Brasil registrou um aumento de três milhões de brasileiros e brasileiras em situação de total insegurança alimentar.

“A luta para a derrubada aos veto do PL 735 é fundamental. Isso significa que a fome a voltou a fazer parte da vida de vários brasileiros que têm casa, fogão, panela, mas não tem comida para poder se alimentar”, afirma Mafort.

Josana Lima, diretora da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), também relata que a agricultura familiar “precisa que esse governo, esse parlamento e essa sociedade nos reconheçam e que a gente tenha de fato ações que venham garantir a continuidade dessa alimentação”.

Para Janaína Elisiara, agricultora que esteve presente na manifestação em Brasília, a população precisa saber do impacto que a agricultura familiar tem sobre o país. “Hoje a agricultura familiar está abastecendo 70% do Brasil. Então a gente tem uma importância muito grande e não é visto como a gente tem de ser visto”, aponta.

“Nós queremos mostrar para a população a importância da agricultura familiar do campo. Nós queremos mostrar a importância das camponesas do campo, que nós dependemos disso para sobreviver e que o governo nos dê mais importância", conclui.

Edição: Leandro Melito

Fonte: JL/Brasil de Fato
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
20/10/20, 16:44 | POLÍTICA - Em Luzilândia, união familiar vira gozação nas redes sociais abençoada pelo 'Padre Ronaldo Gomes'
20/10/20, 15:27 | EDUCAÇÃO - Escolas receberão incentivos para programa de Ensino Médio em Tempo Integral
20/10/20, 15:21 | CIDADANIA - Ação da Cidadania volta a realizar a campanha ‘Natal sem Fome’ após três anos
20/10/20, 15:16 | ECONOMIA - Bolsonaro se mantém contra valor de R$ 600 para o auxílio:
20/10/20, 14:59 | PANDEMIA - Covid cai para níveis de maio no Brasil, mas OMS alerta mundo para
20/10/20, 14:55 | INTERNACIONAL - Madri cogita toque de recolher contra segunda onda do novo coronavírus
20/10/20, 14:49 | POLÍTICA - STF confirma não ser obrigatório portar título de eleitor para votar
20/10/20, 14:42 | REPERCUSSÃO - Fenômeno da semana, irmãs de aniversário são alvos de ataques de ódio
20/10/20, 14:39 | POLÍTICA - Candidatos já somam mais de R$ 200 milhões em doações oficiais
19/10/20, 17:22 | INTERNACIONAL - Derrotado nas urnas, fascista Camacho, o “Bolsonaro boliviano”, chora
19/10/20, 17:13 | CELEBRIDADE - Aline Riscado volta a posar em cachoeira e algo se destaca
19/10/20, 17:04 | POLÍTICA - É #FAKE que eleitor com menos de 60 anos não poderá votar das 7h às 10h
19/10/20, 16:55 | INTERNACIONAL - Pandemia ameaça fechar cinema mais antigo do mundo, em operação desde 1897
19/10/20, 14:36 | EDUCAÇÃO - Bolsonaro quer acabar com valorização salarial de professores
19/10/20, 12:29 | INTERNACIONAL - Democratas tentam conter a euforia diante da grande vantagem de Biden
19/10/20, 12:22 | VIOLÊNCIA - Número de assassinatos volta a crescer no Brasil, aponta relatório
19/10/20, 11:52 | POLÍTICA - TSE rebate notícias falsas sobre urna de 2018 que voltaram a circular
19/10/20, 11:42 | INFRAESTRUTURA - 35 milhões de brasileiros não tem acesso à rede de água potável
19/10/20, 11:38 | POLÍTICA - Prefeito Empreendedor: como eleitos e eleitas em novembro podem ajudar no desenvolvimento do município
19/10/20, 10:32 | SOCIAL - Beneficiários do Bolsa Família recebem 2ª parcela de auxílio residual
19/10/20, 10:19 | ESPORTE - Palmeiras perde para o Fortaleza e vê quarta derrota seguida no Brasileiro
19/10/20, 10:10 | CELEBRIDADE - De biquíni neon, Paolla Oliveira comemora: “A um passo do final de semana”
19/10/20, 10:07 | CRIME - Milícias dominam 57% da área do Rio, aponta estudo
18/10/20, 15:43 | PANDEMIA - Professores e as lições da pandemia é o tema do Caminhos da Reportagem
18/10/20, 15:41 | OPINIÃO PÚBLICA - Pesquisa mostra aumento da confiança de professores para ensino online
18/10/20, 15:39 | PANDEMIA - Fim do distanciamento social pode provocar “síndrome da cabana”
18/10/20, 15:28 | PANDEMIA - Covid mata 250 mil na Europa
18/10/20, 14:57 | INTERNACIONAL - Itália bate recorde de casos diários de Covid-19 pelo quarto dia seguido
18/10/20, 14:40 | POLÍTICA - Eleitor se informa mais sobre candidatos em conversas com amigos do que pela TV
18/10/20, 14:29 | POLÍTICA - Quase metade dos eleitores considera arriscado votar em 15 de novembro
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site