CBN - A rádio que toca notícia

ECONOMIA

Bolsonaro se mantém contra valor de R$ 600 para o auxílio:

"Presidente nunca se comprometeu de verdade com quem mais precisa", afirma líder do PSB

20/10/20, 15:16

E
m novas manifestações sobre a demanda para se estender o auxílio emergencial de R$ 600, que teve redução de 50% no valor, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) deu mais uma sinalização, nesta segunda-feira (19), de que não pretende ceder à pressão política e popular. Ele afirmou que o valor “é muito para o Brasil”.    

“Sei que os R$ 600 são pouco para quem recebe, mas é muito para o Brasil, dá R$ 50 bilhões por mês. Tem que ter responsabilidade para usar a caneta Bic aí. Não dá para viver, ficar muito tempo mais com este auxílio porque, realmente, o endividamento nosso é monstruoso", disse a apoiadores na porta do Palácio da Alvorada, em Brasília (DF).

Assim como o chefe do Executivo, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), tem feito manifestações de resistência à continuidade do benefício com o valor reivindicado. Nesta segunda, após uma reportagem da CNN indicar que ele não seria contrário à manutenção do auxílio, Maia negou a informação e recuperou o discurso do ajuste fiscal.

“Eu não disse isso. Já deixei claro publicamente que sou contra a prorrogação do decreto de calamidade e que é preciso encontrar uma solução dentro do Teto de Gastos”, disse. A declaração é mais um aceno ao mercado financeiro e a outros investidores que monitoram os movimentos do governo e pressionam pela manutenção da agenda ultraliberal. Na gestão Bolsonaro, a cartilha é conduzida especialmente pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, que desde o início dos debates sobre o auxílio tem manifestado oposição à proposta.

"Governo nunca quis"

“Esse jogo vem sendo jogado desde sempre. Se a gente pegar o histórico do auxílio, a gente vê que o governo vem jogando com as pessoas, até por sobrevivência. É sempre importante a gente dizer que o governo nunca quis os R$ 600 nem os R$1.200 [duas cotas] pra mães solo. Ele lutou até o último minuto pra que não fosse esse valor”, relembra a diretora de Relações Institucionais da Rede Brasileira de Renda Básica, Paola Carvalho.

Paralelamente, o governo tenta evitar que o Congresso Nacional vote a Medida Provisória nº 1.000, que institui o valor de R$ 300 até dezembro. Por ser uma MP, o texto tem efeitos imediatos, o que faz com que o auxílio já tenha entrado em vigor sem a anuência do Legislativo. Nos bastidores, a estratégia do governo é escapar de um eventual aumento da quantia, já que o parlamento tem a prerrogativa de fazer esse tipo de alteração.

A demanda pelo aumento do valor encontra apoio em parlamentares de diferentes siglas, mas a batalha se concentra nos partidos mais próximos da esquerda, que são PT, PSB, PDT, Psol e Rede. O líder da bancada pessebista na Câmara, Alessandro Molon (RJ), por exemplo, reagiu à nova manifestação do presidente.

"Não se enganem. Bolsonaro nunca se comprometeu de verdade com quem mais precisa. É por isso que ele não faz a menor questão de manter o auxílio emergencial em R$600 enquanto a pandemia durar”, criticou, em nota publicada na noite desta segunda.

Fonte: JL/Brasil de Fato
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
20/01/21, 20:02 | PANDEMIA - Covid-19: Brasil registra 1.340 mortes nas últimas 24h, maior número em 5 meses
20/01/21, 17:00 | INTERNACIONAL - Ex-presidentes, Obama, Bush e Clinton comparecem à posse de Joe Biden
20/01/21, 16:57 | POLÍTICA - Aliados de Bolsonaro dizem que falta de vacina cairá na conta dele
20/01/21, 16:55 | INTERNACIONAL - Biden vai interromper obras do “muro da vergonha” no México
20/01/21, 16:29 | PANDEMIA - Não há escassez de oxigênio no Pará, diz governador Helder Barbalho
20/01/21, 16:23 | JUDICIÁRIO - Lewandowski dá 72 horas para Anvisa informar sobre análise da Sputnik
20/01/21, 16:21 | PANDEMIA - STJ dá 48h para autoridades do Amazonas se explicarem sobre oxigênio
20/01/21, 16:12 | INTERNACIONAL - Joe Biden toma posse como 46º presidente dos Estados Unidos
20/01/21, 06:55 | PANDEMIA - Pacientes de Manaus fogem de hospital e pedem para “morrer em casa”
19/01/21, 15:13 | PANDEMIA - Mais Médicos vai contratar 72 profissionais para atuar em Manaus
19/01/21, 15:07 | PANDEMIA - Vacinação contra a covid-19 já teve início em quase todo o país
19/01/21, 14:49 | CHUVAS - Governo federal reconhece situação de emergência em 9 municípios
19/01/21, 11:32 | PANDEMIA - Teresina irá imunizar mais de 11 mil pessoas nesta primeira fase
19/01/21, 11:09 | PANDEMIA - Rússia anuncia que sua segunda vacina contra o coronavírus é 100% eficaz
19/01/21, 11:02 | PANDEMIA - Jornal Nacional desmente Pazuello e exibe live em que ministro defende “tratamento precoce”
19/01/21, 10:54 | PANDEMIA - Por falhas de logística, Pazuello deixa 11 estados sem vacina no primeiro dia de imunização
19/01/21, 10:32 | PANDEMIA - “Nova Covid” está mais grave, letal e rápida entre jovens, afirmam médicos do AM
18/01/21, 15:01 | POLÍTICA - Ex-presidente do STF, Ayres Britto defende impeachment de Bolsonaro
18/01/21, 14:52 | PANDEMIA - Após Manaus, cidades do Pará também entram em colapso por falta de oxigênio
18/01/21, 14:29 | PANDEMIA - Site do governo de SP registra 500 mil pessoas pré-cadastradas para vacina
18/01/21, 14:26 | PANDEMIA - Governo Bolsonaro sabia de colapso na saúde em Manaus 10 dias antes de faltar oxigênio
18/01/21, 14:22 | PESQUISA - XP-Ipespe: avaliação de ruim e péssimo de Bolsonaro salta de 35% para 40%
18/01/21, 13:50 | PANDEMIA - Cientistas brasileiros travam guerra contra a desinformação bolsonarista por vacinação
17/01/21, 18:56 | PANDEMIA - Primeira vacinada no Brasil, enfermeira negra tem comodidades e é corintiana
17/01/21, 18:49 | POLÍTICA - Manifestantes inflam boneco de Bolsonaro com sangue nas mãos em frente à sede da Anvisa
17/01/21, 18:46 | POLÍTICA - Vice-governadora do Piauí pede apoio à FAO para ações do PRO Social no Piauí
17/01/21, 18:42 | PANDEMIA - Wellington quer antecipação de reunião com ministro da Saúde e defende vacinação imediata em todo o Brasil
17/01/21, 15:14 | EMERGÊNCIA - ANVISA APROVA VACINAS
17/01/21, 15:09 | PANDEMIA - Morre ex-ministro do STJ que foi à posse de Fux e depois contraiu covid
17/01/21, 09:38 | PANDEMIA - Bolsonaro ignorou alerta sobre crise em Manaus
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site