CBN - A rádio que toca notícia

ARTIGO

Chega de maluquice, disseram as urnas

"O recado inequívoco do eleitor neste domingo foi um “NÃO” a Jair Bolsonaro, seus radicais e terraplanistas. Chega de maluquice, disseram as urnas, ao escolher ou levar para o segundo turno políticos tradicionais, gente de esquerda e de centro", escreve Helena Chagas, do Jornalistas pela Democracia

17/11/20, 18:12

Por Helena Chagas, jornalista (foto)

O
recado inequívoco do eleitor neste domingo foi um “NÃO” a Jair Bolsonaro, seus radicais e terraplanistas. Chega de maluquice, disseram as urnas, ao escolher ou levar para o segundo turno políticos tradicionais, gente de esquerda e de centro. Isso não quer dizer que a mensagem será a mesma em 2022, dada a volatilidade da política. Mas o mapa até aqui desenhado traz um presidente da República mais fraco diante do avanço da oposição e  das forças de centro-direta não bolsonaristas, como DEM e o PSDB. No outro lado da moeda, terá que enfrentar o fortalecimento dos aliados do Centrão, com sua faca reluzente, que se preparam para encostar em seu pescoço.

Em dois anos, o discurso do “novo” e da antipolítica que elegeram Bolsonaro e um contingente de neófitos em 2018 se esfarelou diante da constatação de que, em boa parte dos casos, não passava de um embuste. O radicalismo bolsonarista, as bobagens de seus lunáticos e, mais recentemente, o comportamento diante da pandemia assustaram muita gente. A Covid-19 foi, sim, importante eleitora para prefeitos que estavam no cargo e fizeram o mínimo razoável para combatê-la.

De outro lado, as esquerdas cresceram com nomes que, ao mesmo tempo,  são novos mas que já tinham sido testados na política. Guilherme Boulos (PSOL) em São Paulo, Manuela D’Ávila (PCdoB) em Porto Alegre, Marília Arraes (PT) no Recife. Boulos foi o grande fenômeno da temporada e, perdendo ou ganhando, já alçou o PSOl à condição de partido competitivo.

Parte da mídia e setores conservadores cantam uma derrota do PT, mas, embora tenha ficado claro que sua hegemonia nesse campo ficou em xeque, o partido ainda disputa o segundo turno em 15 das maiores cidades do país — das quais não tem nenhuma hoje. Benedita da Silva teve mais votos no Rio do que indicaram as pesquisas, assim como Marília no Recife. Se tiverem aprendido a lição depois de levar bomba em São Paulo e outros lugares, os petistas começam hoje mesmo a conversar com Psol e outros sobre alianças mais duradouras, que cheguem a 2022.

Além da campanha de segundo turno, que vai dar dar o arremate nessa costura, as atenções se dirigem hoje para as condições de governabilidade de Bolsonaro a partir de agora. Ficou claro que a desidratação do bolsonarismo raiz faz crescer no governo a força do pouco confiável Centrão, que parece ser o que lhe resta. O passaporte para 2022, porém, não está carimbado. Ex-aliados de direita e centro-direita saíram da eleição mais do que animados para articular uma candidatura presidencial alternativa, continuando conversar com Luciado Huck, João Doria e, menos provável mas não impossível, Sergio Moro.  A chapa ficou quente para Bolsonaro.

Fonte: JL
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
25/11/20, 15:10 | LUTO - “Espero que possamos jogar bola juntos no céu”, diz Pelé sobre Maradona
25/11/20, 15:03 | LUTO - Maradona tinha tatuagens de Che e Fidel e se disse “soldado” de Lula e Dilma
25/11/20, 14:48 | ESPORTE - Neymar e Alisson são finalistas do prêmio Fifa The Best
25/11/20, 14:28 | LUTO - Morre Diego Maradona, aos 60 anos, após parada cardiorrespiratória
25/11/20, 11:14 | ECONOMIA - Black Friday: veja as dicas para não ser enganado
25/11/20, 11:08 | POLÍTICA - Revista Veja frita ministro Paulo Guedes: 'mentiroso' e 'medíocre'
25/11/20, 11:03 | PANDEMIA - Mundo tem pela primeira vez mais de 12 mil mortes por Covid-19 em um único dia
25/11/20, 10:52 | ECONOMIA - ‘Pergunta para o vírus’, diz Bolsonaro sobre chance de prorrogar auxílio
25/11/20, 10:50 | POLÍTICA - Explodem homicídios e tentativas de assassinato contra candidatos
24/11/20, 16:44 | POLÍTICA - TSE aponta 64 mil beneficiários do auxílio emergencial como doadores de campanhas eleitorais
24/11/20, 15:46 | PESQUISA - Datafolha em SP: Bruno Covas tem 48% e Guilherme Boulos, 40%
24/11/20, 15:25 | POLÍTICA - Percentual de prefeitos eleitos sem coligação quintuplica em 2020
24/11/20, 15:19 | PANDEMIA - Taxa de transmissão do novo coronavírus volta a crescer no Brasil
24/11/20, 15:15 | SAÚDE - Pazuello é convidado a dar explicações no Congresso sobre os 6,8 milhões de testes encalhados
24/11/20, 15:11 | POLÍTICA - Mulheres são maioria no eleitorado de cidades que terão segundo turno
24/11/20, 12:54 | INTERNACIONAL - Parlamento Europeu quer tirar 700 mil sem-teto das ruas até 2030
24/11/20, 12:51 | BENEFÍCIO - Caixa credita auxílio, dos ciclos 3 e 4, para os nascidos em junho
24/11/20, 12:49 | EDUCAÇÃO - Candidatos infectados por covid-19 terão nova chance de fazer Enem
23/11/20, 20:46 | POLÍTICA - Senado pode endurecer lei contra “seguranças” racistas
23/11/20, 15:51 | BENEFÍCIO - Caixa credita auxílio emergencial para nascidos em fevereiro
23/11/20, 15:47 | POLÍTICA - Barroso diz que milícias digitais são a versão contemporânea do autoritarismo
23/11/20, 15:36 | PANDEMIA - Testes de covid comprados pelo Ministério da Saúde já estão vencidos e prejuízo pode chegar a R$ 290 milhões
23/11/20, 15:33 | DECISÃO - Carrefour é condenado a indenizar casal homossexual agredido por seguranças em 2016
23/11/20, 08:04 | VÍDEO - Investigação encontra hackers de Bolsonaro: Esquema desvendado
23/11/20, 08:01 | VÍDEO - Mídia, Governo Bolsonaro e economia se unem contra negros!
23/11/20, 07:58 | VÍDEO - JORNAL LUZILÂNDIA PLAY: O racismo cordial de Bolsonaro
23/11/20, 07:07 | POLÍTICA - Governo Bolsonaro é denunciado na Comissão Interamericana por apagão no Amapá
23/11/20, 07:01 | POLÍTICA - Doria diz que eleição de Bolsonaro foi "erro" e afirma que não irá disputar a reeleição em 2022
23/11/20, 06:59 | PANDEMIA - Especial Covid-19: afinal, o Brasil já está passando pela segunda onda da doença?
22/11/20, 21:15 | POLÍTICA - Movimento antirracista pode derrotar a direita no segundo tuno, diz Paraná Pesquisas
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site