CBN - A rádio que toca notícia

PANDEMIA

Não há escassez de oxigênio no Pará, diz governador Helder Barbalho

Além de ouvir as demandas dos prefeitos do oeste paraense, Barbalho também se reuniu com representantes de empresas que fornecem oxigênio para o Pará. Ele garantiu que não há escassez de oxigênio medicinal no estado

20/01/21, 16:29

A
pós a morte de seis pessoas de uma mesma família, em menos de 24 horas, na cidade de Faro (PA), devido a complicações por covid-19 e falta de oxigênio hospitalar na Unidade Básica de Saúde (UBS) onde foram atendidas, o governo do Pará trabalha para garantir o abastecimento do produto nas cidades paraenses que fazem divisa com o estado do Amazonas.

As mortes ocorreram entre segunda-feira (18) e terça-feira (19). Segundo a secretaria estadual de Saúde Pública (Sespa), já na noite desta segunda-feira, 159 cilindros de oxigênio medicinal foram levados de caminhão para Santarém, de onde foram transferidos para outras cidades do oeste paraense.

Segundo a pasta, o produto já foi distribuído para quatro municípios, entre eles, Faro, que recebeu 20 cilindros. Setenta e nove recipientes foram remanejados para Oriximiná. Já as cidades de Terra Santa e Juruti receberam 30 recipientes cada.

Ontem (20), o governador Helder Barbalho conversou, por videoconferência, com prefeitos de cidades paraenses que fazem divisa com o Amazonas, estado onde o número de mortes por covid-19 aumentou na semana passada por causa da falta de oxigênio em hospitais públicos e privados. Desde a última segunda-feira (18), seis pacientes com a covid-19 foram transferidos do Amazonas para o Pará, em estado grave. São cinco mulheres e um homem.

Além de ouvir as demandas dos prefeitos do oeste paraense, Barbalho também se reuniu com representantes de empresas que fornecem oxigênio para o Pará. Ele garantiu que não há escassez de oxigênio medicinal no estado.

“Tem leito e há oferta de oxigênio. Não podemos confundir falta de gestão e busca ao produto com escassez. Isso está longe de acontecer”, afirmou Barbalho, atribuindo às prefeituras a responsabilidade de planejar suas ações de forma a não faltar insumos médicos e equipes de profissionais da saúde.

“As prefeituras devem ter planejamento para garantir equipes médicas e suporte de insumos. O governo do estado está à disposição naquilo que nos cabe, mas tive a comunicação de que as empresas que fornecem oxigênio têm condições de atender [à demanda]. Elas dependem das solicitações de cada município”, acrescentou.

Hoje (20), os secretários adjunto da Sespa, Sipriano Ferraz, e o secretário regional de governo do Baixo Amazonas, Henderson Pinto, viajaram para Faro. Eles vão verificar a estrutura hospitalar da região e checar eventuais demandas das autoridades locais.

O governo do estado também pediu à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorização para que o serviço aeromédico possa pousar em Faro a fim de transferir para outras localidades os pacientes que precisarem.

Em nota, a Sespa informou que o fornecimento de oxigênio para o estado é capaz de suprir a demanda de todas as cidades paraenses, e ainda apoiar outros estados, como o Amapá e o Maranhã. Ainda assim, a pasta alertou às secretarias municipais para que estejam atentas à situação.

“Por causa da municipalização da saúde, cada prefeitura é responsável pela manutenção de contratos e aquisição do produto para abastecimento local, cabendo então à gestão estadual a compra e o abastecimento de oxigênio dos hospitais estaduais”, informou a Sespa.

Aveiro

Ainda na divisa com o Amazonas, próximo a Santarém, a prefeitura do município de Aveiro decidiu restringir a circulação de pessoas a fim de tentar conter a disseminação do novo coronavírus e o consequente aumento do número de casos da covid-19.

Decreto assinado pelo prefeito Vilson Gonçalves estabelece toque de recolher na cidade, proibindo o trânsito de pessoas nas vias públicas de todo o município após as 22 horas. Comércios, bares, restaurantes e similares também terão que fechar suas portas a partir deste mesmo horário. Além disso, estão suspensos o funcionamento de espaços desportivos (como academias e escolas de treinamento), as atividades de balneários, clubes e similares e vendas ambulantes.

Quem chegar à cidade após passar por locais classificados como de risco vermelho para o contágio da covid-19 deverá passar ao menos 14 dias em isolamento domiciliar, mesmo que não apresente sintomas da doença. O início das aulas presenciais em estabelecimentos de ensino públicos e privados também está suspensa por tempo indeterminado, de forma que o ano letivo começará por meio de aulas remotas.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
25/02/21, 11:03 | POLÍTICA - Rodrigo Pacheco propõe a compra de vacinas por empresas privadas, estados e municípios
25/02/21, 10:35 | INVESTIGAÇÃO - PSOL denuncia ao TCU venda de refinaria da Petrobras pela metade do preço
25/02/21, 10:29 | PANDEMIA - Covidão em igreja evangélica com mais de 2 mil pessoas é fechado em Curitiba
25/02/21, 10:26 | ESPORTE - Liga dos Campeões: Real Madrid e Manchester City dão passo importante
25/02/21, 10:20 | POLÍTICA - Silveira diz que foi abandonado pela base de Bolsonaro e que foi “boi de piranha” para a PEC da impunidade
24/02/21, 18:45 | PANDEMIA - Começa distribuição de 3,2 milhões de doses da vacina contra covid-19
24/02/21, 10:58 | ECONOMIA - Conta de luz mais cara. Esse será o efeito da privatização da Eletrobras
24/02/21, 05:38 | ECONOMIA - Olist: aplicativo simplifica e revoluciona venda online
24/02/21, 05:32 | CELEBRIDADE - Ex-musa Solange Frazão causou polêmica nas redes sociais ao revelar segredo
23/02/21, 17:52 | ESPORTE - Jornal vaza salário de atletas do Chelsea; veja quem é o mais bem pago
23/02/21, 17:48 | CRIME - Subprocurador pede que TCU investigue Bolsonaro por mudança na Petrobras
23/02/21, 17:43 | PANDEMIA - STF autoriza estados e DF a importarem vacina sem registro na Anvisa
23/02/21, 11:36 | POLÍTICA - PSL inicia processo contra Daniel Silveira; deputados querem ‘expulsão rápida’
23/02/21, 11:30 | PANDEMIA - Vacina da Pfizer contra covid-19 é a 1ª a obter registro definitivo no Brasil
22/02/21, 14:27 | POLÍTICA - CNT/MDA mostra Bolsonaro derretendo na pesquisa de opinião pública
21/02/21, 20:29 | INTERNACIONAL - Joe Biden, em sua primeira cúpula internacional: “Em muitos lugares o progresso democrático está sob ataque”
21/02/21, 20:27 | INVESTIGAÇÃO - Supremo Tribunal abre mais um inquérito contra Daniel Silveira
21/02/21, 20:23 | CRIME - Ministro do STF diz que 'valentão' Daniel Silveira é miliciano
21/02/21, 20:06 | ESPORTE - Flamengo vence Inter de virada e assume a liderança do Brasileiro
21/02/21, 20:03 | PANDEMIA - Com 80% de UTIs ocupadas, Bahia estende horário de toque de recolher
20/02/21, 05:03 | INVESTIGAÇÃO - Rio afasta técnica de enfermagem que teria aplicado
20/02/21, 05:00 | BRASILEIRÃO - Palmeiras arranca empate e acaba com chances de título do São Paulo
20/02/21, 04:55 | POLÍTICA - Câmara mantém prisão do bolsonarista 'valentão' Daniel Silveira
19/02/21, 19:09 | INSTITUCIONAL - Prefeito de Teresina reúne o secretariado para alinhar ações
19/02/21, 19:02 | POLÍTICA - Supremo Tribunal deve anular condenações de Lula, diz Revista Veja
19/02/21, 18:49 | CRIME - A covardia bolsonarista: Fascista Daniel Silveira se acovarda na Câmara: “Exagerei e peço desculpas”
19/02/21, 12:45 | CORRUPÇÃO - Era um caminhão? Em um único dia, deputado Daniel Silveira abasteceu mais de 1 mil litros de gasolina
19/02/21, 05:42 | PANDEMIA - Metade dos pais não confia na segurança sanitária das escolas públicas
19/02/21, 05:40 | PANDEMIA - Amazonas conta com 30 usinas geradoras de oxigênio medicinal
19/02/21, 05:37 | PANDEMIA - Vetos de Bolsonaro em lei tiram mais de R$ 4 bilhões da ciência em 2021
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site