CBN - A rádio que toca notícia

ECONOMIA

Conta de luz mais cara. Esse será o efeito da privatização da Eletrobras

Eletricitários repudiam MP apresentada nesta terça-feira pelo governo Bolsonaro para privatizar a estatal de energia. Impacto no bolso do consumidor pode chegar a R$ 460 bilhões

24/02/21, 10:58

A
privatização da Eletrobras, como deseja o governo Jair Bolsonaro, pode ferir a economia popular e causar prejuízos aos trabalhadores do país. Se for realizada de fato, a venda da Eletrobras pode elevar a conta de luz em até 16,7% num primeiro momento. E elevar o custo da indústria, das famílias e de toda a cadeia de produção da economia em R$ 460 bilhões por 30 anos.

Essa é a avaliação do Coletivo Nacional dos Eletricitários, que nesta terça-feira (23) divulgou nota rechaçando a Medida Provisória 1031/21, apresentada pelo governo Bolsonaro ao Congresso para acelerar a privatização da empresa estatal de energia.

O texto da MP prevê a manutenção de poder de veto do governo sobre as decisões da empresa por meio de ações preferenciais. Atualmente, a União possui 60% das ações da Eletrobras. “A Câmara e o Senado vão dar a devida urgência à matéria, até por ser uma medida provisória. E a nossa agenda de privatização, essa MP não trata disso hoje em dia, mas nossa agenda de privatização continua a todo vapor”, disse o presidente Jair Bolsonaro. O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) informou que o texto deve entrar na pauta da Câmara na semana que vem.

O Coletivo Nacional dos Eletricitários manifestou repúdio e indignação com a apresentação da medida provisória.  “A Medida Provisória 1031/21, remonta outras iniciativas legislativas recentes de tentativa de privatização da Eletrobras. Todas estas tentativas caíram por terra”, afirmam os eletricitários.

Energia mais barata

“A privatização da Eletrobras pressupõe da condição de descotização de 15 usinas hidrelétricas que vendem energia bem mais barata que o Mercado Livre. Se essas usinas vendem o MWH entre R$ 40,00 e R$ 60,00, o Mercado Livre vende seu MWH por R$ 200,00 a R$ 800,00”, lembram os eletricitários, destacando que esse é o fator envolvido na venda da Eletrobras que pode repercutir no aumento da conta de luz para a população.

As recentes privatizações de distribuidoras de energia elétrica no Brasil tiveram sempre dois efeitos colaterais preponderantes: tarifaço e apagão, destacam ainda os trabalhadores. “As populações dos estados de Goiás, Acre, Rondônia, Roraima, Amazonas, Piauí e Alagoas penam com o descaso na prestação de serviço privatizado.”

Ainda sobre apagões, como não lembrar do recente episódio sombrio no Amapá. Quando uma transmissora de energia privada deixou a maior parte do estado sem luz por 20 dias.

Meio ambiente

A privatização da Eletrobras é ainda um risco iminente para o meio ambiente, de acordo com a avaliação dos trabalhadores. “A Eletrobras tem 47 barragens hídricas, algumas delas sexagenárias e por responsabilidade de Estado e expertise em engenharia segurança de barragens, nunca tivemos sequer a ameaça de episódios degradantes como nas privatizadas barragens de rejeito de Brumadinho e Mariana (MG)”, afirmam.

A expectativa do governo é que pela entrega da Eletrobras a União arrecade R$ 16 bilhões em bônus de outorga. Aqueles que justificam a privatização para efeito fiscal ou social deveriam saber que a dívida pública ronda os R$ 6 trilhões e que apenas um mês de auxílio emergencial digno de R$ 600,00 custa aos cofres públicos R$ 50 bilhões, ou seja, três privatizações da Eletrobras.

Engodo da MP 1031/21

Por tudo isso, o engodo no texto da Medida Provisória 1031/21 é um grande absurdo, avaliam os trabalhadores. “A Eletrobras é a maior empresa de energia elétrica da América Latina, responsável por 30 % da geração e 50% da transmissão de energia das brasileiras e dos brasileiros. É lucrativa, teve superávit de mais de R$ 30 bilhões nos últimos três anos.”

Nos últimos 20 anos, a empresa distribuiu mais de R$ 20 bilhões para União como dividendos. “Se este governo pensasse como Estado, entenderia que a Eletrobras, com baixo endividamento e forte fluxo de caixa, está pronta para investir em obras estruturantes aumentando a capacidade brasileira de geração e transmissão de energia de qualidade e gerando empregos para recuperar a nossa economia desta crise sem precedentes.”

Contra a privatização da Eletrobras e os aumentos na conta de luz, os eletricitários conclamam “o povo brasileiro, bem como todas entidades que lutam por justiça e igualdade social para que se unam a nós nesta luta pelo Brasil em defesa da Eletrobras pública e como fonte de energia elétrica acessível para a vida dos brasileiros e brasileiras”.

Fonte: JL/RBA
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
14/04/21, 22:25 | POLÍTICA - Cinco anos após o golpe, Brasil se aproxima da catástrofe
14/04/21, 22:20 | POLÍTICA - Bolsonaro engana servidores e oficializa intenção de privatizar os Correios
14/04/21, 22:14 | PANDEMIA - MP processa Pazuello por omissão e pressão por tratamento precoce na crise da falta de oxigênio no AM
14/04/21, 22:05 | ESPORTE - Grêmio perde outra vez para Del Valle e dá adeus à Libertadores
14/04/21, 21:57 | PESQUISA - PoderData: Moro tem maior rejeição para 2022; Lula, a menor
14/04/21, 21:50 | POLÍTICA - Lula tem 34% contra 31% de Bolsonaro no 1º turno, diz PoderData
13/04/21, 23:16 | POLÍTICA - Renúncia em massa: Mais três executivos anunciam saída do Banco do Brasil
13/04/21, 23:09 | POLÍTICA - Jornal Nacional diz que pressão de Bolsonaro para evitar CPI da Covid-19 não surtiu efeito
13/04/21, 23:04 | POLÍTICA - Pacheco instala CPI da Covid e inclui investigação de repasses a governadores e prefeitos
12/04/21, 23:16 | POLÍTICA - Marco Aurélio diz que conversa de Bolsonaro com Kajuru “deixa a todos perplexos”
12/04/21, 23:12 | PANDEMIA - Garis, faxineiros e entregadores estão entre os principais intubados na COVID-19
12/04/21, 23:02 | POLÍTICA - Saiba o que está em jogo no STF no próximo dia 14, julgamento do ex-presidente Lula
10/04/21, 21:22 | PANDEMIA - Ivete Sangalo e família testaram positivo para covid-19
10/04/21, 21:16 | PANDEMIA - Mortes por covid-19 aumentam 872% entre jovens de 20 a 29 anos
10/04/21, 20:51 | POLÍTICA - Paulo Guedes se revolta com ministro e diz a Bolsonaro que barco pode afundar
10/04/21, 20:43 | ESPORTE - Copa do Nordeste: definidos os confrontos das quartas de final
09/04/21, 17:10 | PANDEMIA - Mortes por covid-19 no país aumentam 10% em uma semana
09/04/21, 16:47 | POLÍTICA - Barroso rebate Bolsonaro: “Desempenho o meu papel com seriedade”
09/04/21, 16:43 | INTERNACIONAL - Falta de estratégia de Bolsonaro contra a Covid-19 é uma ameaça para o mundo, diz imprensa francesa
09/04/21, 16:24 | POLÍTICA - Governadores e prefeitos são mais bem avaliados que Bolsonaro na pandemia, diz pesquisa
09/04/21, 11:11 | POLÍTICA - Bolsonaro sofre duas derrotas no mesmo dia no Supremo
09/04/21, 10:57 | POLÍTICA - Flávio Dino: “Se fosse por Bolsonaro, Brasil já teria 1 milhão de mortos”
08/04/21, 18:50 | PANDEMIA - Novo recorde: Brasil confirma 4.249 mortes por covid-19 em 1 dia
08/04/21, 17:38 | POLÍTICA - Grandes empresários dizem que não apoiam Bolsonaro
08/04/21, 17:27 | PANDEMIA - Trabalhadores autônomos foram mais prejudicados por pandemia em 2020
08/04/21, 17:16 | JULGAMENTO - “Mesmo na Idade Média, em pandemias os líderes religiosos defenderam a necessidade de isolamento”, diz Moraes
08/04/21, 16:32 | POLÍTICA - Polarização Bolsonaro x Lula também se repete nas redes sociais, diz pesquisa
08/04/21, 16:19 | PANDEMIA - Covid-19: “Situação está longe do fim”, diz presidente da Anvisa
07/04/21, 19:02 | POLÍTICA - ‘Vacina salva, Bolsonaro não’: protestos marcam o Dia Mundial da Saúde
07/04/21, 18:37 | POLÍTICA - No Dia Mundial da Saúde, Lula afirma que “não há saída individual” contra a Covid-19
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site