CBN - A rádio que toca notícia

PANDEMIA

Começa distribuição de 3,2 milhões de doses da vacina contra covid-19

De acordo com a pasta, a chegada de mais vacinas vai permitir a ampliação da vacinação para outros grupos prioritários: agora, terão prioridade pessoas nas faixas de 85 a 89 anos e de 80 a 84 anos, 3.837 indígenas e 8% dos trabalhadores da Saúde

24/02/21, 18:45

O
Ministério da Saúde apresentou nesta quarta-feira (24) o quantitativo de distribuição dos 3,2 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 entregues ontem (23) à pasta pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz)e pelo Instituto Butantan. Do total recebido, 2 milhões de doses são da vacina da AstraZeneca/Oxford, importadas da Índia, e 1,2 milhão, do imunizante do Instituto Butantan. A distribuição dos imunizantes deve ocorrer nos próximos dias.

De acordo com a pasta, a chegada de mais vacinas vai permitir a ampliação da vacinação para outros grupos prioritários: agora, terão prioridade pessoas nas faixas de 85 a 89 anos e de 80 a 84 anos, 3.837 indígenas e 8% dos trabalhadores da Saúde.

Até então, a Campanha Nacional de Vacinação previa a incorporação dos idosos de 90 anos ou mais (100%); trabalhadores da Saúde (73%); pessoas idosas (60 anos ou mais) residentes em instituições de longa permanência institucionalizadas (100%); pessoas com deficiência, a partir de 18 anos, moradores em residências inclusivas institucionalizadas (100%); indígenas vivendo em terras indígenas com 18 anos, ou mais, atendidos pelo Subsistema de Atenção à Saúde Indígena (100% do quantitativo inicial repassado pela Secretaria de Saúde Indígena – Sesai).

Ainda segundo o Ministério da Saúde, o envio das doses aos estados vai ocorrer de forma proporcional e igualitária, conforme estabelece o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a covid-19, que prevê os grupos prioritários.

Entretanto, devido à situação epidemiológica, a Região Norte receberá 5% do total de doses de vacinas em cada fase de distribuição. “Desse total, 70% [destinam-se] ao Amazonas, 20% ao Pará e 10% Acre, para também atender aos seguintes grupos prioritários: Amazonas: 86.667 pessoas entre 60 e 69 anos; Pará: 24.762 na faixa entre 80 e 84 anos; e Acre, 12.381 pessoas entre 70 e 84 anos”, informou o ministério.

A Secretaria de Vigilância Sanitária (SVS) do Ministério da Saúde disse que a nova remessa de doses de vacina recebidas pelo Butantan corresponde à entrega de duas doses. Com isso, estados e municípios devem fazer a reserva do imunizante para aplicação da segunda dose, conforme o prazo recomendado de duas a quatro semanas.

Já a vacina da AstraZeneca corresponde à entrega da primeira dose. O ministério informou que a segunda dose será distribuída em outro momento, já que o imunizante tem prazo maior para realizar a outra aplicação. O quadro de distribuição das vacinas está contido no informe técnico da SVS sobre o plano de vacinação.

No caso da CoronaVac, está prevista a aplicação de duas doses por pessoa, no espaço de duas a quatro semanas. No informe técnico divulgado hoje, os técnicos da Coordenação-Geral do Programa Nacional de Imunizações alertam os estados sobre a necessidade de reservar a quantidade suficiente de CoronaVac para aplicar a segunda dose.

“Tendo em vista o intervalo entre a Dose 1 e Dose 2 (duas a quatro semanas), e considerando que ainda não há um fluxo de produção regular da vacina, orienta-se que a D2 fique reservada para garantir que o esquema vacinal seja completado dentro desse período, evitando prejuízo nas ações de vacinação”, diz o documento.

Os 2 milhões de doses da vacina da Astrazeneca/Oxford poderão ser usados para ampliar o número de pessoas que receberão a primeira dose da vacina, pois a pasta assegura que receberá novo lote do imunizante a tempo de garantir a segunda dose, que, no caso da Astrazeneca, deve ser aplicada em 12 semanas.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
14/04/21, 22:25 | POLÍTICA - Cinco anos após o golpe, Brasil se aproxima da catástrofe
14/04/21, 22:20 | POLÍTICA - Bolsonaro engana servidores e oficializa intenção de privatizar os Correios
14/04/21, 22:14 | PANDEMIA - MP processa Pazuello por omissão e pressão por tratamento precoce na crise da falta de oxigênio no AM
14/04/21, 22:05 | ESPORTE - Grêmio perde outra vez para Del Valle e dá adeus à Libertadores
14/04/21, 21:57 | PESQUISA - PoderData: Moro tem maior rejeição para 2022; Lula, a menor
14/04/21, 21:50 | POLÍTICA - Lula tem 34% contra 31% de Bolsonaro no 1º turno, diz PoderData
13/04/21, 23:16 | POLÍTICA - Renúncia em massa: Mais três executivos anunciam saída do Banco do Brasil
13/04/21, 23:09 | POLÍTICA - Jornal Nacional diz que pressão de Bolsonaro para evitar CPI da Covid-19 não surtiu efeito
13/04/21, 23:04 | POLÍTICA - Pacheco instala CPI da Covid e inclui investigação de repasses a governadores e prefeitos
12/04/21, 23:16 | POLÍTICA - Marco Aurélio diz que conversa de Bolsonaro com Kajuru “deixa a todos perplexos”
12/04/21, 23:12 | PANDEMIA - Garis, faxineiros e entregadores estão entre os principais intubados na COVID-19
12/04/21, 23:02 | POLÍTICA - Saiba o que está em jogo no STF no próximo dia 14, julgamento do ex-presidente Lula
10/04/21, 21:22 | PANDEMIA - Ivete Sangalo e família testaram positivo para covid-19
10/04/21, 21:16 | PANDEMIA - Mortes por covid-19 aumentam 872% entre jovens de 20 a 29 anos
10/04/21, 20:51 | POLÍTICA - Paulo Guedes se revolta com ministro e diz a Bolsonaro que barco pode afundar
10/04/21, 20:43 | ESPORTE - Copa do Nordeste: definidos os confrontos das quartas de final
09/04/21, 17:10 | PANDEMIA - Mortes por covid-19 no país aumentam 10% em uma semana
09/04/21, 16:47 | POLÍTICA - Barroso rebate Bolsonaro: “Desempenho o meu papel com seriedade”
09/04/21, 16:43 | INTERNACIONAL - Falta de estratégia de Bolsonaro contra a Covid-19 é uma ameaça para o mundo, diz imprensa francesa
09/04/21, 16:24 | POLÍTICA - Governadores e prefeitos são mais bem avaliados que Bolsonaro na pandemia, diz pesquisa
09/04/21, 11:11 | POLÍTICA - Bolsonaro sofre duas derrotas no mesmo dia no Supremo
09/04/21, 10:57 | POLÍTICA - Flávio Dino: “Se fosse por Bolsonaro, Brasil já teria 1 milhão de mortos”
08/04/21, 18:50 | PANDEMIA - Novo recorde: Brasil confirma 4.249 mortes por covid-19 em 1 dia
08/04/21, 17:38 | POLÍTICA - Grandes empresários dizem que não apoiam Bolsonaro
08/04/21, 17:27 | PANDEMIA - Trabalhadores autônomos foram mais prejudicados por pandemia em 2020
08/04/21, 17:16 | JULGAMENTO - “Mesmo na Idade Média, em pandemias os líderes religiosos defenderam a necessidade de isolamento”, diz Moraes
08/04/21, 16:32 | POLÍTICA - Polarização Bolsonaro x Lula também se repete nas redes sociais, diz pesquisa
08/04/21, 16:19 | PANDEMIA - Covid-19: “Situação está longe do fim”, diz presidente da Anvisa
07/04/21, 19:02 | POLÍTICA - ‘Vacina salva, Bolsonaro não’: protestos marcam o Dia Mundial da Saúde
07/04/21, 18:37 | POLÍTICA - No Dia Mundial da Saúde, Lula afirma que “não há saída individual” contra a Covid-19
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site